quinta-feira, Janeiro 17, 2008

Estado de emergência na Sibéria

Ontem, dia 15 de Janeiro de 2008, o governo russo lançou o alerta. O estado de emergência na Sibéria deve-se prolongar até ao dia 21. A descida das temperaturas vai até – 55 ºC, a partir do dia de hoje.

A temperatura média nas grandes cidades siberianas, nesta altura do ano, fixa-se entre – 15 ºC e – 39 ºC. Já se registaram vítimas, cortes de abastecimento de energia eléctrica e fecho de escolas.

Recorda-se que na Sibéria se situa, na média anual, uma das aglutinações anticiclónicas semelhante à dos Açores e de Havai. São as três AA do Hemisfério Norte. No Hemisfério Sul existem outras três AA.

Por outro lado, na Geórgia, onde se produz vinho, chá e citrinos, num clima subtropical, congelou o Lago Paliastomi, no oeste do país. Há 50 anos que tal não acontecia. Aqui as temperaturas desceram até – 35 ºC.

Em Tiblissi, capital da Geórgia, a temperatura foi até – 13 ºC. Este é o valor mais baixo desde há 14 anos. A cidade está preparada para um frio prolongado. Já no Domingo, 5 de Janeiro, dia das eleições presidenciais, Tiblissi estava coberta de neve.